Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

O Cultivar dos pequenos Gestos

O amor cultiva-se todos os dias através de pequenos gestos. Também é verdade que há loucuras e feitos grandiosos que marcam profundamente uma relação, mas por mais incrível que pareça, o que recordamos de alguém que já amámos em tempos são pequenos quadros felizes de todos os dias recheados de pequenos gestos.

 

Uma concha que se apanhou na praia num fim de tarde mágico… Um abraço doce depois dum dia não… Um malmequer apanhado na relva… O abrir a porta do carro… um elogio inesperado… um telefonema imprevisto… uma massagem na testa em tempo de dor de cabeça… Uma noite num local agradável planeado com antecedência… Uma surpresa… Uma mensagem carinhosa… Uma folha de papel com um poema… Dar as mãos espontaneamente… Uma ida ao restaurante favorito… Uma carícia no cabelo… Uma caixinha de chocolates… Olhar nos olhos… Uma sobremesa especial… Tudo isto são pequenos gestos que se recordam com carinho e que embelezam a vida de um casal.

publicado por pitita83 às 19:04
link do post | comentar | favorito
|

.o meu Eu

.pesquisar

 

.Dezembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. I Don't Want to Miss a Th...

. Uma noite para Comemorar

. Velho

. Cada Lugar Teu

. Deixa o Mundo Girar

. Carta a uma amiga

. Carta a um amigo

. Sedução

. O Cultivar dos pequenos G...

. Solidão

.arquivos

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Agosto 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds